logo
Especial 30 anos
     

05/07/2017
Boletim Sabores & Saberes comemora 10 anos

Nossa cooperativa foi constituída, em ata, no 27 de agosto de 1986. Abriu as portas dez meses mais tarde, no dia 16 de junho de 1987. E é essa a data que comemoramos com exatas 30 matérias especiais ao longo deste mês. Todas contando trajetórias de homens e mulheres que fizeram a diferença em três décadas de funcionamento da Credi. E ela segue de portas sempre abertas

Arte: Aléssio Pires

Quatro páginas em 2007.

O dobro a partir de 2008.

Outro quarteto somado ao caderno em 2012.

Possibilidade de esse total crescer nas próximas edições.

O volume de material publicado no Sabores & Saberes e suas constantes reformulações provam aquilo que o presidente do Conselho de Administração na Credivertentes e idealizador do impresso sempre defendeu: “Há muita história enterrada nas terras da região. Uma vez trazidas à tona, não vão se esgotar”.

Tem sido assim há exatos 10 anos, numa longevidade que garante a manutenção do boletim gratuito mensal. E pensar que uma década atrás, ao buscar apoio empresarial para o impresso, Oliveira ouviu comentários como “não tenho dinheiro para isso. Tenho coisas mais importantes em que investir”; “que ideia de desocupado, João!”, “não tem assunto para dez edições. Melhor nem começar”.
 

Pautas

Com conteúdo de leitura rápida e apreensão lenta dividindo o mesmo caderno, o boletim abre espaço para textos que vão de adivinhas, provérbios, notas curtas, artigos sobre fé e cotidiano a especiais históricos que chegam a ocupar quatro páginas de uma edição. Um deles, foi publicado em abril de 2016 trazendo curiosidades sobre a Inconfidência Mineira e incluindo especulações sobre a morte de Tiradentes.

Outros, mais recentes, envolveram de temáticas comunitárias (como a história da Escola Estadual Afonso Pena Júnior) à passagem do famoso Fernão Dias com sua bandeira por terrenos são-tiaguenses. Esses artigos foram veiculados nas edições de fevereiro e março de 2017, respectivamente. Ao todo, rendem 10 páginas de estudos, análises e boas bibliografias.  

Tudo isso sem falar, é claro, nos grandes feitos de gente que mudou ou segue mudando realidades comunitários. É o caso do Monsenhor Elói, de são-tiaguenses ingressantes na Academia de Letras em São João del-Rei, da educadora Maria José Fonseca, de figuras como José Caputo, o motorista cheio de causos e disposição para transportar quem quer que fosse a qualquer momento que precisasse.

Ele, aliás, foi fonte direta de relatos do boletim, bem como o também saudoso Pedro Coelho, narrador ávido de passagens históricas e crônicas populares.
 

Inspiração

Uma mineira do Centro-Oeste se mudou para Portugal e descobriu, através de uma sobrinha residente em São João del-Rei, sobre o Sabores & Saberes. A leitura distrativa em um voo longo acabou se transformando, pouco depois, em um ritual mensal via internet.

Um jornalista em busca de informações sobre Patrício Lopes encontrou, nas páginas do boletim, o que precisava para encerrar sua matéria, confirmando as origens do são-tiaguense que saiu de Minas no século XIX para desbravar o Noroeste paulista e terras ao Sul do Mato Grosso.

Histórias como essas motivam Oliveira a continuar conversando e garimpando conhecimentos orais; além de pesquisar e analisar documentos ou livros. “Não me iludo com a unanimidade, claro. Mas vivo sonhando com a possibilidade de que trabalhos como esse sejam mais reconhecidos. Costumo dizer que, aqui na região, pisamos sobre território repleto de história. E partes importantes dela estão enterradas sem registros. Não quero nem vou fazer papel de historiador. Quero provocar e gerar curiosidade para que muito venha à tona e daí seja resgatado”, confessa.

Se depender de leitoras ávidas como a aposentada e membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Tiago, Zeli Rezende, essa já é uma realidade. “Pego todas as edições e tiro um momentinho do dia para ler do início ao fim. Eu me sento aqui à mesa e me concentro tentando absorver tudo. Esse foco só é quebrado quando tenho crises de risos com algum texto específico ou me emociono e volto ao passado. Já me deparei com situações que presenciei ou histórias que meus pais contavam em casa. É maravilhoso. Uma máquina do tempo e de conhecimento”, elogia.

O Sabores & Saberes é distribuído de forma impressa em todas os nossos 16 Pontos de Atendimento. Também é possível fazer download das edições aqui.

WhatsApp Email LinkedIn Google+