logo
Especial 30 anos
     

02/08/2017
AMAI, em Prados, também é beneficiada pelo Dia C 2017

Nossa cooperativa foi constituída, em ata, no 27 de agosto de 1986. Abriu as portas dez meses mais tarde, no dia 16 de junho de 1987. E é essa a data que comemoramos com matérias especiais enquanto seguimos apostando no humanismo e na união em ações como o Dia C. Conheça mais uma atividade solidária desta edição

Foto e Arte: Deividson Costa

De São João del-Rei para Prados, a pouco mais de 28km. Após entregar cheque de R$8,5 mil para o Albergue Santo Antônio, a comitiva de solidariedade do Dia de Cooperar (Dia C) na Credivertentes viajou mais um pouquinho e chegou à Associação Municipal de Apoio ao Idoso (AMAI), em Prados.

A entidade também foi escolhida para compor a tríade de apoios da cooperativa em 2017 e recebeu doação de R$5 mil.

O valor de acordo com a secretária do grupo, Hélia Vivas, será pauta de definições nos próximos dias, definindo o destino do investimento. “Precisamos de um carro novos para transportar nossos assistidos. Esse valor poderia, então, auxiliar nesse sentido, dando início a uma campanha de arrecadação. Outra opção seria destiná-lo a despesas de manutenção neste momento em que, para atender ainda melhor nossos velhinhos, estamos realizando reformas em nossa sede”, disse.

A AMAI abriga, hoje, 31 idosos que são atendidos, 24 horas por dia, por 18 colaboradores. Dentre eles uma fisioterapeuta, uma psicóloga e uma médica, a Dra. Carmen Heimovski, uma das fundadoras da instituição.

O lar, aliás, comemora 23 anos de existência no próximo 17 de agosto. “Ter a Credivertentes abraçando a AMAI foi, portanto, um presente de aniversário”, comentou D.Hélia. Mas esse não foi o único motivo para comemoração.

Em recuperação após enfrentar problemas de saúde, o diretor executivo da cooperativa, Jasminor Vivas, fez questão de participar do Dia C em Prados e transformou ainda mais o momento.

Hora certa

A coordenadora da AMAI, Cecília Nascimento, comentou sobre as doações. “Chegaram em um momento mais do que oportuno e só mostram o poder da união entre pessoas que se importam com a comunidade. O Dia C, pra mim, representa exatamente isso, e fez toda a diferença para nós”, disse.

Segundo a coordenadora de Comunicação e Marketing da Credi, Elisa Coelho, é esse o objetivo da iniciativa. “Podemos dizer que nossa emoção foi completa nesta manhã, por tudo o que aconteceu e pela prova de que o cooperativismo transforma realidades. É essa a nossa meta todos os dias. Mais do que crédito, queremos oferecer oportunidades e estar envolvidos em iniciativas humanitárias. Tudo isso com a aprovação dos nossos associados, grandes agentes de todas as nossas realizações”, encerrou.

O projeto Maria Maria, desenvolvido pelo Instituto José Luiz Ferreira, em Barbacena, foi o terceiro beneficiado pelo Dia C em 2017. Em breve outras informações.

WhatsApp Email LinkedIn Google+